Notícias - Geral


13/09/2018 - 12h09

Gestão de qualidade é lema para coordenadora do laboratório de Análises Clínicas em Hospital de Passo Fundo

Conversamos, nesta edição do Farmacêutico em Foco, com a farmacêutica Sinara Guzzo Chiquetta, que, em 2006, auxiliou na fundação do laboratório de Análises Clínicas do Hospital da Cidade, em Passo Fundo, e continua coordenando o espaço, prezando pela gestão de qualidade no atendimento ao paciente.

        Impresso


Gestão de qualidade é lema para coordenadora do laboratório de Análises Clínicas em Hospital de Passo Fundo

A trajetória da farmacêutica Sinara Guzzo Chiquetta começou quando, na sua juventude, conheceu o curso de Farmácia e Bioquímica da Universidade Católica de Pelotas (UCPEL). Após a descoberta e o encanto pela possível profissão, logo prestou vestibular e foi aprovada na UCPEL. Segundo a farmacêutica, "o curso era inovador na área da saúde e prospectava ser um divisor de águas na assistência e segurança do paciente."

Durante a formação, os temas de cada disciplina só justificavam a escolha certa do curso. Logo após sua formatura, em 1997, Sinara começou seu primeiro estágio: foi no Laboratório Lavoisier Ltda - LAB, com uma experiência muito importante para a farmacêutica recém-graduada. "Aprendi muito com a experiência dos gestores, que não mediam esforços para me ensinar a enfrentar o mercado de trabalho."

No entanto, foi em 2006 que sua carreira mudou. A profissional foi convidada pelo Hospital da Cidade, de Passo Fundo, para montar/fundar o laboratório de Análises Clínicas. O local era uma demanda do Hospital, que visava qualificar o atendimento à população e auxiliar os médicos no diagnóstico do paciente, e Sinara coordenaria o espaço.

Sua gestão no laboratório, que já dura 12 anos, sempre prezou pela qualidade. "Acredito na minha capacidade de resiliência a e empatia. O trabalho deve ser focado na segurança do paciente, na satisfação do médico e colaborador, pois todos são responsáveis pelo sucesso ou fracasso do nosso trabalho", afirma, complementando "que a qualidade no serviço nos traz segurança, inovação, atualização e satisfação. Trabalhar em um local onde existe uma "cultura de qualidade" significa trabalhar com a certeza de que se algo der errado, será revertido em aprendizado e crescimento para toda a equipe", finaliza.

O laboratório realiza em torno de 70 mil exames por mês e conta com 48 colaboradores, desempenhando funções relacionadas à gestão de pessoas, qualidade total, compras, fornecedores, capacitações, entre outras. Além de coordenar o espaço, Sinara participa do Núcleo de Planejamento Estratégico do HC e da Comissão de Orçamento e de Controle de Infecção Hospitalar.

Além de todas essas atribuições no Hospital da Cidade, a farmacêutica é docente da Disciplina de Controle de Qualidade e Gerenciamento de Laboratórios Clínicos na Faculdade Especializada na Área de Saúde do Rio Grande do Sul (FASURGS). A paixão por ensinar os outros alavancou a possibilidade de lecionar. "Acredito que ensinando aprendemos em dobro. Sinto que é meu dever passar aos meus alunos a experiência de 20 anos de trabalho, dedicados àqueles que são o motivo de nossa busca pelo conhecimento: nossos pacientes", disse.

Para a nova geração de profissionais de Farmácia, Sinara aconselha. "A melhor dica é o esforço, disciplina, honestidade e persistência. A universidade somente nos mostra o caminho, cabe ao profissional aproveitar todas as oportunidades e correr atrás do que almeja", conclui.


Gestão de qualidade é lema para coordenadora do laboratório de Análises Clínicas em Hospital de Passo Fundo




Encontrou algum erro ou conteúdo desatualizado em nosso site? - Clique AQUI e reporte para nossa área de qualidade.